Newsletter: (cadastre e receba novidades)
 
 
   
 
 
   
09/05/08
Guia de segurança para condomínios

Síndicos devem seguir algumas dicas especiais
Uma das funções menos reconhecidas e mais difíceis de conduzir adequadamente é a de síndico e/ou administrador de condomínios residenciais.
Os interesses, prioridades e disponibilidade de recursos de cada um dos condôminos são distintos e, quanto maior a quantidade de moradores, mais difícil a conciliação dos objetivos comuns.
O objetivo deste artigo é tentar ajudar essas pessoas nessa árdua tarefa, em especial no que diz respeito à segurança do patrimônio e à vida de seus moradores e funcionários. A primeira dica é organizar uma reunião com os condôminos para discutir as medidas a serem tomadas e explicar a importância da participação de cada um na segurança do prédio.

A rotina do condomínio
Oriente funcionários para efetuar registro e SEMPRE solicitar autorização ao condômino para liberar acesso de visitantes, mesmo que sejam contumazes. Se possível, instale dois portões contíguos no acesso de veículos às garagens, isso evita a entrada de estranhos no acesso dos veículos, considerando que o porteiro tem a visão completa da área.
Muita atenção na entrada de empregados domésticos, pois, na maioria das vezes, são nessas oportunidades que os bandidos invadem o condomínio. Somente permita a entrada de acompanhantes a eles se for autorizado (via interfone) pelo condômino.
Especial atenção à entrada de prestadores de serviços. Proíba também a guarda de chaves de moradores (veículos, portas etc.) sob a custódia do condomínio ou de seus funcionários. Essa medida evita o aumento de riscos de furtos e danos aos veículos/imóveis, que causarão prejuízos ao condomínio.

Atenção com funcionários
Tente evitar intimidade de funcionários com moradores e empregados domésticos. Essa medida evita que vazem informações de hábitos, pontos fracos etc. da vida particular dos condôminos. Somente a conscientização dessa realidade é que fará as pessoas mudarem.
Na contratação de funcionários, deve-se ser muito exigente com os antecedentes criminais, referências profissionais e problemas de crédito e atualizar freqüentemente essas informações. Evitar, dentro do possível, uma grande rotatividade desses empregados.

Use a tecnologia como aliada
Atualmente, diante das necessidades crescentes de supervisão de todas as áreas comuns dos condomínios, os sistemas de Circuito Fechado de TV (CFTV) são imprescindíveis. Sistemas de alarmes monitorados instalados na área comum e nas unidades residenciais são determinantes como inibidores de arrombamentos e de invasões.
Por fim, como a segurança total é um objetivo intangível, não deixe de ter e manter atualizadas as coberturas securitárias exigidas legalmente e outras complementares, que são essenciais a todos os condomínios residenciais. A falta dessa cobertura poderá gerar grandes perdas financeiras ao condomínio e seus condôminos.

 

 
Protte Zeladoria - Todos os direitos reservados - Tel.:(12) 3622-4372